• Trunca

assim ocorreu























ASSIM OCORREU (Felix Morisseau-Leroy, Haiti, 1912-1998)

Jesus Cristo tinha que morrer. Apesar de tudo tinha que morrer ainda que Pilatos dissesse que não Caifás insistia tanto que chegou a condenar o Homem que vinha dias sem comer e estava tão fraco que ao subir ao Monte das Oliveiras com duas madeiras no ombro ia de tombo em tombo. Pilatos o olhava com compaixão e também os soldados romanos olhavam foi então que por ali passou um homem Simão de Cirene (1) um negro forte, como Paul Robeson (2), passou por ali olhou aquilo como só os negros sabem olhar. Pilatos sentiu o que o negro tinha em seu coração e aos soldados fez um sinal todos se lançaram sobre Simão e com força o espancaram. Logo lhe disseram: toma a cruz e a carrega. Simão tomou a cruz. A tomou da mão do branco. Se pôs a correr com ela. Se pôs a cantar. Se pôs a dançar. Dançou cantou e se foi correndo até lá em cima deixando para trás todos. Regressou cantou dançou fez girar a cruz sobre sua cabeça a jogou aos ares a pegou a cruz ficou dançando sozinha no ar. A gente gritou milagre e quando caiu a cruz Simão a tomou dançou muito com ela antes de devolvê-la a Jesus. Desde então quando é muito pesada uma cruz quando algo pesa demais para as forças de um branco chamam a um negro para que carrregue. Depois dançamos cantamos tocamos o tambor tocamos o bambu. Nossa costa é muito grande. Carregamos a cruz, carregamos o fuzil, carregamos o canhão ajudamos o branco carregamos os crimes carregamos os pecados carregamos por todos.

(tradução de Jeff Vasques)


1: Simão de Cirene foi obrigado pelos soldados romanos a carregar a cruz de Jesus Cristo até ao Gólgota, o local onde Jesus foi crucificado. 2: Paul Leroy Bustill Robeson (EUA, 1898-1976) foi um renomado ator e ativista. Foi o primeiro ator negro a interpretar o Otelo, de Shakespeare, na Broadway. No auge de sua fama, lutou contra o fascismo e o racismo. Adepto dos ideais socialistas, foi perseguido pelo Macartismo e investigado pelo FBI.


#felixmorisseauleroy #haiti #movimentonegro

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo