• Trunca

Requerimento celeste...


REQUERIMENTO CELESTE COM DIGRESSÕES JURÍDICAS (POR OCASIÃO DO POUSO DA VIKING 1 EM MARTE)

Resolvi denunciar às amebas de Marte (caso elas existam) a minha sui generis situação jurídica de condenado duplamente à prisão perpétua, olvidado em várias esferas absolvido em uma das vidas e esperando recurso da outra e tendo ainda por cima além de certas transcendências sustadas mais quarenta e quatro anos de reclusão a descontar não sei de qual existência.

Resolvi portanto, romper meu silêncio de quase 6 anos e denunciar em outros astros a situação atroz que aqui prevalece tendo o Ministério Público pedido duas vezes minha condenação à morte. Assim sendo, continuo sem grilhetas cumprindo minha condenação à danação perpétua neste pedregulho cheio de poluição ditaduras e injustiças que convencionaram chamar planeta em eterna órbita sem ternura ao redor de uma estrela de 5a grandeza. Nestes termos, em lugar sobremaneira ermo, pede deferimento com o corpo cheio de feridas o suplicante irrecuperável militante desta província celeste encravada entre nebulosas e sentimentos mais nebulosos ainda.

Poema de Alex Polari de Alvergaria, Brasil, 1951. . . . Imagem via Perseverance

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo