• Trunca

Terceiro poema de amor - Roque Dalton 

TERCEIRO POEMA DE AMOR (Roque Dalton, El Salvador, 1935-1975) Para quem diga que nosso amor é extraordinário porque nasceu de circunstâncias extraordinárias responda que precisamente lutamos para que um amor como o nosso (amor entre companheiros de combate) chegue a ser em El Salvador o amor mais comum e corrente, quase o único.

#poesia #roquedalton #elsalvador

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Florações